Entenda a dívida envolvendo Inter e Sonda por causa de D’Alessandro

Em 2008, quando D’Alessandro foi comprado pelo Internacional, Delcir Sonda foi o responsável por bancar os US$ 7 milhões para tirar o meia do San Lorenzo, da Argentina.

Como D’Alessandro nunca foi negociado e não será, Sonda tem direito a um ressarcimento. Segundo ele, em entrevista para a Rádio Gaúcha no início do ano, o valor a ser recebido do Inter é em euros.

“A partir do momento que o D’Alessandro não disputar mais nada, aí o Inter tem um compromisso, uma dívida comigo, que é em euros e foi registrada na época. Entre 2008 e 2015, foram várias Libertadores, e a direção sempre me pedia para deixar ele no clube. Só que eu sou um investidor. Se o Inter tivesse feito a venda, o clube ficaria com um percentual e eu ficaria com outro percentual. Então eu tenho esta garantia quando o contrato expirar. O D’Alessandro está com 37 anos e com certeza vai encerrar a carreira no Inter. Mas isso nós vamos resolver com toda a tranquilidade mais na frente”, revelou o investidor na entrevista.

Sonda não disse exatamente o valor, mas é perceptível que a quantia é grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *